Clique Cristão

Uma semana dedicada à pessoa com deficiência

25 / ago / 2015

DESTAQUE_ENTREVISTA_2015_08_24_001A Vila São Cottolengo, em Trindade (GO), deu início nesta segunda-feira, 24, à programação da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência. Até o próximo sábado, 29, os dias serão dedicados à defesa e reflexão de ações voltadas à inclusão e aos direitos das pessoas com deficiência. Sobre os objetivos e a programação da semana, o Programa Pai Eterno desta segunda-feira, 24, exibiu entrevista com a diretora administrativa da Vila, Ir. Márcia Simões. (Assista ao vídeo abaixo)

Douglas Branquinho: Irmã, qual é o grande desafio da pessoa com deficiência na nossa sociedade?

Ir. Márcia Simões: Penso que a nossa sociedade é muito seletiva. Qualquer pessoa que tem algo diferente, ela é motivo de alguém prestar atenção, olhar. Então, eles não enxergam o deficiente como a pessoa que é, como pessoa mesmo, mas com a deficiência que ela tem. Então, nós temos essa dificuldade: eu não enxergo você, por você, eu enxergo você através de algo de diferente que você tem. Então, isso ainda é complicado, pois ainda esquecem a beleza, a bondade, e até do trabalho que a pessoa desenvolve dentro da sociedade. As pessoas fixam somente na deficiência que o sujeito tem. Nós temos essa dificuldade, de enxergar o indivíduo como indivíduo.

Douglas Branquinho: Qual é o sentido do atendimento na Vila São Cottolengo, tanto para os internos quanto para o público externo, nesse sentido de incluir e cuidar da pessoa com deficiência?

Ir. Márcia Simões: Nós temos que ver o deficiente como uma riqueza na humanidade, pois nós dois estamos aqui agora conversando, amanhã nós podemos passar por algum problema e ser alguém com uma deficiência. E eu, intimamente, não quero que ninguém me trate diferente, porque o que eu tenho lá dentro continua. A idade chega, mas eu sou a mesma pessoa, é a mesma coisa da pessoa com deficiência. Então, nós temos que trabalhar isso. A Semana do Deficiente chama a atenção das pessoas para perceberem que a deficiência não é algo diferente. Ela faz aquela pessoa especial e não diferente.

Douglas Branquinho: Quais são as frentes de atendimento na Vila?

Ir. Márcia Simões: Nós temos inúmeras. Temos a parte de fisioterapia, ambulatório, temos escolas, piscinas e equoterapia, para levar cada vez mais essas pessoas que estão aqui a se sentirem bem dentro daquilo, para quando chegarem lá fora, na sociedade, também se sentirem bem, do jeito que elas são tratadas aqui dentro.

DESTAQUE_ENTREVISTA_2015_08_24_002Douglas Branquinho: A Vila ainda hoje recebe novos internos?

Ir. Márcia Simões: Normalmente recebe, e muito raramente aquele que volta para sua casa. Sempretemvagaaqui, graças a Deus.

Douglas Branquinho: Nessa semana, qual é a programação que a Vila preparou?

Ir. Márcia Simões: Temos jogos, gincanas, apresentação, a banda, palhaços, a Ronda da Alegria. Essa semana está cheia de alegria. Quem quiser pode vir. A Vila está sempre com a porta aberta, é sempre uma casa de braços e portas abertas.

Douglas Branquinho: Então, em especial nesta semana, eu queria que a senhora deixasse uma mensagem de reflexão para as pessoas que nos assistem.

Ir. Márcia Simões: Levando em consideração o Papa Francisco, que é muito profundo neste sentido, devemos olhar as pessoas como elas são. A pessoacom deficiência não é alguém estranho para mim. É uma pessoa que tem algo diferente e muita coisa para me dar. Então, quando eu olho aquela pessoa e penso que ela é a imagem e semelhança de Deus, e às vezes, ela tem um sentimento muito mais profundo do que eu tenho, às vezes eu tenho um olhar de crítica e ela tem um de coração aberto. A gente olha colocando o racismo, o preconceito, e ela não, o sorriso é sincero, acolhe. Só que a gente aqui, olha para eles do mesmo jeito que eles nos olham e nos acolhem.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Programação da Semana da Pessoa com Deficiência

Dia 24 (segunda-feira)

9h e 13h – Palestra Desafiando Gigantes: Acredite em Seu Potencial, com Wesley Amaral – Centro de Formação Vida Nova (colaboradores)

Dia 25 (terça-feira)

8h – Ronda da Alegria nas Unidades e Setores

9h – Caminhada pela Inclusão e apresentação da Banda Inclusiva Luar – Praça Universitária (Goiânia)

Dia 26 (quarta-feira)

8h – Ronda da Alegria nas Unidades e Setores

Dia 27 (quinta-feira)

8h – Torneio de Futsal Inclusivo – Centro de Formação Vida Nova (pacientes)

13h – Banda Inclusiva Luar + Lanche Especial – Praça da Amizade (pacientes e colaboradores)

Dia 28 (sexta-feira)

8h – Piquenique Especial dos Pacientes – Espaço Terapêutico Redário

20h – Grupo de Expressão Corporal Raio de Luz – Festival de Artes ao Ar Livre (FAAL)

Dia 29 (sábado)

9h – Missa de Encerramento da Semana – Praça da Amizade

Fonte: Divino Pai Eterno

Deixe seu recado

Deixe seu recado:

*