Clique Cristão

”Vim lançar fogo à terra” – Pregação Márcio Mendes (24° Viver em Cristo)

18 / out / 2016

pe-marcio-mendes“Quando Deus entra na nossa vida, algumas pessoas saem dela; algumas pessoas vêm, outras vão embora. Pessoas que, antes, gostavam de nós e hoje não gostam mais; pessoas que nos convidavam para jantar, hoje não nos convidam mais. Quando passamos por dificuldades na vida, o que presta se separa do que não presta. Nenhuma tribulação vem sem a Mão de Deus nos socorrer, Ele envia anjos para nos socorrer, mesmo sem merecermos.

O momento da provação é o momento da dor, mas é também, o momento do socorro de Deus. Se você está passando por um momento de grande dificuldade na sua vida, eu precisso lhe dizer que Deus nunca esteve tão perto de você, como Ele está agora e Ele vai te ajudar a superar esse momento. Você vai vencer, acredite! O Espírito Santo é fogo que prova, porque aquece e ilumina ao mesmo tempo.

A Palavra de Deus nos diz: “deixará o homem e a mulher o seu pai e sua mãe, se unirão um ao outro e os dois formarão uma família.” Quem casa precisa deixar pai e mãe. No evangelho de Lucas 4, 13-14 terminadas as tentações, o diabo afastou-se de Jesus até o tempo oportuno. Jesus voltou para a Galiléia com a força do Espírito e Sua fama se espalhou por toda a região. Conosco também o inimigo age dessa forma ele espera o momento oportuno, ou seja, quando estamos tristes, irritados, ou quando deixamos nos prender por um vício, é o momento em que as tentações vêm, para nos derrubar.

São duas as armas que o demônio usa para tentar nos derrubar: o medo e a sedução. O medo de perder o marido, ou um filho, medo de não ser feliz, medo de morrer solteiro(a), medo de ficar em cima de uma cama, “entrevado”, medo de não conseguir um emprego, dentre outros. Quando estamos com medo, o que é normal, a tentação usa o seu medo para torturar você. Ou, quando estamos seduzidos, seja pela ganância, por uma oportunidade ilícita,  o pecado planta no nosso coração a semente do desejo. O outro momento oportuno que o demônio encontrou foi quando Jesus estava na cruz, dizendo: “se tu ès o filho de Deus, mostra agora e desce da cruz”. Na verdade, a provocação era: “abandone o plano de Deus e se vingue de quem está Lhe crucificando.” E qual foi a resposta de Jesus? “Pai, perdoa-os, pois eles não sabem o que fazem”

A tentação estava provocando Jesus com a vingança, pois era um momento de extrema dor, mas Ele venceu o maligno. Tentação enfrentada e vencida nos faz crescer na força do Espírito Santo. Levante a cabeça e enfrenta! Assim você se tornará uma pessoa mais forte.

Quando Jesus pregava, o Espírito Santo agia. Ele venceu a tentação. Nós temos que a prender a tudo o que formos fazer, na vida, fazer com o poder de Deus, com a força divina.”

Por Clebiana Ferreira
Missionária da Comunidade de São Pio X

Fonte: Comunidade Pio X

Deixe seu recado

Deixe seu recado:

*